Museu e fachadas de azulejos em Lisboa

O azulejo sempre foi utilizado de forma original em Portugal. Como em nenhum outro país europeu, tornou-se uma expressão artística, uma peça de arte que se guarda naquele lugar especial lá em casa e um suporte privilegiado para decorar interiores, fachadas ou jardins.

Em Lisboa, é fácil encontrar azulejos de qualquer estilo ou época. Pode começar por ir ao Museu Nacional do Azulejo para uma introdução à sua evolução histórica, técnica e artística, desde o século XV até à actualidade. Saíba como o azulejo reflectiu os contactos portugueses com outras culturas.

Depois basta andar pela cidade e quando chegar a casa as fotografias vão mostrar que as cores de Lisboa têm azulejo à mistura.

Nas ruas de Alfama repare como os santos de devoção popular protegem o bairro, em pequenos painéis colocados à entrada das casas e como se registaram as fábulas de La Fontaine nos painéis do Mosteiro de São Vicente de Fora.

Percorrendo o Chiado ou o Bairro Alto, as fachadas de azulejo vão marcar o ritmo do seu passeio. Conheça as pequenas histórias contadas nos azulejos, como a da Igreja de São Roque, e demore-se nos pormenores, descobrindo os símbolos maçónicos na casa do Ferreira das Tabuletas.

Quando andar de metrô será surpreendido por uma galeria de arte subterrânea, com obras primas da azulejaria contemporânea, assinadas por artistas de renome internacional.

Prolongue o seu itinerário até Sintra, onde se deslumbrará com uma paisagem que é Património da Humanidade. Não deixe de entrar no Palácio da Vila e conhecer uma aplicação genuína da arte da azulejaria ao longo dos séculos, um gosto dos nossos antigos reis.

 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 

Liberty Express

WhatsApp (11) 98184-7230

comercial@libertyexpress.com.br

liberty@libertyexpress.com.br

Skype: ilyane.franco55


 

Nipotech